segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Alunos de escolas municipais de Niterói expõem trabalhos de Educação Ambiental e Agenda 21 Escolar na UERJ


Alunos das Escolas Municipais Altivo César, no Barreto, Honorina de Carvalho, em Pendotiba, e Professor Rachide Glória Salim Saker, em Santa Bárbara, participaram, este mês, da Mostra final do Curso de Educação Ambiental e Agenda 21 Escolar: Formando Elos de Cidadania, na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), no Rio de Janeiro.

O objetivo das aulas, iniciadas em julho, foi propiciar uma formação para o planejamento e o desenvolvimento de propostas para uma melhor qualidade de vida por meio de planos de ação voltados à preservação do meio ambiente. O encontro contou com a exposição dos trabalhos dos estudantes da Rede e com a presença do secretário estadual de Meio Ambiente Carlos Minc.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Alunos da Rede Municipal de Educação de Niterói receberam a escritora Thalita Rebouças no auditório da FME

Na manhã desta quarta-feira, dia 7 de dezembro, a escritora Thalita Rebouças esteve no auditório da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), no Centro, onde conversou com cerca de 120 alunos da Rede. O encontro fez parte das ações desenvolvidas pelo projeto Voz/Vez do Leitor que têm por objetivo estimular a leitura entre os estudantes dos 3° e 4° ciclos do Ensino Regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Na ocasião, Thalita Rebouças, já considerada destaque na literatura brasileira juvenil, contou curiosidades a respeito de sua carreira e sobre os livros publicados. Ela aproveitou ainda para ler um trecho do livro ‘Fala sério, filha’ que foi lançado com uma noite de autógrafos na noite de quarta-feira na Livraria Argumento, no Leblon.

A escritora aproveitou para elogiar o encontro e agradecer a oportunidade de ficar de frente com seus leitores. “Adorei. Achei lindo! E fiquei muito encantada com a proposta do projeto de leitura desenvolvido nas escolas. Até porque me identifico muito com esse universo, pois a minha meta é aproximar o jovem ao hábito da leitura”, disse Thalita Rebouças. 

Para a aluna Claudia Macedo, de 14 anos, a oportunidade foi única. “Conhecer a autora dos livros que fazem parte da minha vida é maravilhoso. Comecei a ler as obras dela no ano passado e, cada vez mais, me identifico e me sinto compreendida. A partir daí, me interessei mais ainda pelo projeto A Voz/Vez do Leitor que é desenvolvido na minha escola”, destacou a estudante do 9° ano da Escola Municipal Paulo Freire.

A coordenadora do programa A Voz/Vez do Leitor, Marizeth Santos, contou que esta foi uma grande oportunidade para os alunos, principalmente àqueles que participam dos círculos de leitura das obras da escritora. “O encontro aproximou os leitores da criação. Além disso, eles tiveram a oportunidade de enxergar o autor como um ser real, e não apenas como ídolo”, explicou.

Atualmente, o projeto A Voz/Vez do Leitor conta com a participação de 2,5 mil estudantes de 13 escolas municipais e tem como foco levar o aluno à descoberta do prazer de ler, respeitando as preferências de cada um.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Thalita Rebouças lança livro no auditório da SME/FME

A escritora Thalita Rebouças estará nesta quarta-feira, dia 7 de dezembro, no auditório da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação Niterói (SME/FME), no Centro, para participar de um encontro com cerca de 120 alunos da Rede. O evento, que acontecerá às 10 horas, faz parte do projeto A Voz/Vez do Leitor que tem por objetivo estimular a leitura entre estudantes dos 3º e 4º ciclos do Ensino Regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na ocasião, Thalita, já considerada destaque na literatura brasileira juvenil, lançará seu novo livro intitulado “Fala sério, filha!”.

A coordenadora do programa A Voz/Vez do Leitor, Marizeth Santos, acredita que esta será uma grande oportunidade para os alunos, principalmente àqueles que participam dos círculos de leitura das obras da escritora. “O encontro aproximará os leitores da criação. Além disso, eles terão a oportunidade de enxergar o autor como um ser real, e não apenas como ídolo”, explicou.

Atualmente, o projeto A Voz/Vez do Leitor conta com a participação de 2,5 mil estudantes de 13 escolas municipais e tem como foco levar o aluno à descoberta do prazer de ler, respeitando as preferências de cada um.

Alunos das escolas municipais de Niterói são destaque em Festival Literário


A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), através da Superintendência de Desenvolvimento de Ensino (FSDE), promovem nesta terça-feira, dia 6, às 13h30, o “Festival de Leituras FSDE”, no Centro Cultural Abrigo dos Bondes, no Centro. O objetivo é valorizar os projetos desenvolvidos nas escolas tendo como destaque as produções literárias dos próprios alunos. Na ocasião, o público poderá conferir trabalhos resultantes de ações de incentivo da Rede como os Projetos Magia de Ler, A Voz/Vez do Leitor, os concursos de redação “Intolerância e Holocausto”, “Niterói e o Meio Ambiente: Problemas e Soluções”, entre outras. Todos os trabalhos estarão expostos por meio de um tapete pedagógico montado por professores e pela equipe técnico-pedagógica da SME/FME.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Processo de pré-matrícula da Rede Municipal de Educação de Niterói começa na próxima segunda-feira, dia 5 de dezembro

Na próxima segunda-feira, dia 5 de dezembro, a Fundação Municipal de Educação de Niterói (FME) inicia o processo de pré-matrícula da Rede para os alunos da Educação Infantil e do 1º e 6º ano do Ensino Fundamental. Nesta primeira etapa, que acontecerá até 16 de dezembro, os responsáveis pelos estudantes deverão ligar para a Central de Atendimento, através do número 0800 724 0192. O call center funcionará nos horários entre 8 e 20 horas. A expectativa é que este ano sejam efetuadas mais cinco mil novas matrículas pelo sistema informatizado implantado na Rede em 2009.

Vale lembrar que a pré-matrícula dos anos intermediários de escolaridade, que não fazem parte do método do call center, será realizada nas unidades escolares da Rede também no período entre os dias 5 e 16 de dezembro. 

A confirmação da matrícula acontecerá a partir do dia 27 de dezembro, quando os responsáveis pelos alunos receberão, através de cartas e torpedo celular (SMS), as informações sobre a unidade escolar. Ao entrar em contato com o call center, a pessoa deverá informar três opções de escolas e aguardar a conclusão da ligação para receber o número do protocolo. Em caso de dúvidas, durante esta etapa de confirmação, basta entrar em contato com o 0800 com o número de protocolo gerado pelo sistema durante a realização da pré-matrícula. Entre os dias 2 e 13 de janeiro, os pais deverão comparecer à unidade informada para efetivar a matrícula.

De 23 a 31 de janeiro, a Fundação Municipal de Educação de Niterói atenderá presencialmente na Central Única de Matrícula a todos os responsáveis que, porventura, não tenham conseguido matricular o aluno na Rede. Serão oferecidas, então, as vagas remanescentes de todos os segmentos do Ensino Fundamental e Infantil. O horário de funcionamento será entre 8 e 18 horas no Clube Canto do Rio, no Centro. 

Para a pré-matrícula, os responsáveis deverão ter em mãos o nome completo do aluno, o endereço residencial, a data de nascimento e o ano de escolaridade; o CPF do responsável, o número do celular que receberá o SMS de confirmação; e o endereço mais utilizado pela família. Todos estes itens auxiliam na agilidade do processo, além de auxiliar a FME no estreitamento de comunicação entre pais e escola, como a informar o aproveitamento dos estudantes e as atividades oferecidas.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Educação de Niterói reafirma luta contra a Aids através da Campanha do Laço Vermelho


A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) aderiram à Campanha do Laço Vermelho, que tem por objetivo mobilizar todos os municípios do país para o Dia Mundial da Luta contra a AIDS. Realizado no dia 1º de dezembro, desde 1988, o evento contará com duas tendas este ano em Niterói.

Uma das tendas estará montada no Jardim São João, no Centro, e recebeu o nome de Cazuza. Nela, o grupo de teatro da Escola Municipal Levi Carneiro apresentará, às 9 horas, um esquete que terá como foco a cadeia de transmissão e a conscientização sobre os riscos da doença. Às 15h, o público presente poderá conferir a uma performance do grupo Jovem para Jovem do Grupo Pela Vidda, que está voltado ao ativismo e à luta contra a epidemia do HIV e da Aids no Brasil.

Já a Tenda Betinho ficará instalada na Estação das Barcas, também no Centro, onde, às 18 horas, o grupo de capoeira Horizonte do Mestre Assis fará uma apresentação. Durante todo o dia, estão programadas atividades com a participação dos alunos da Rede Municipal de Ensino.

Para a coordenadora do evento, Deyse Chicre, a participação de crianças e adolescentes é fundamental à saúde da população da cidade: “É importante, pois estamos trabalhando com o protagonismo juvenil e é mais fácil um jovem adotar comportamento preventivo quando as orientações são faladas por outros jovens”.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Professores da Rede Municipal de Niterói participam do VII Seminário Nacional do Programa “ABC na Educação Científica”

Os professores da Rede Municipal de Niterói terão a oportunidade, nos próximos dias 2 e 3, de compartilhar suas experiências de sala de aula com o mundo acadêmico através do VII Seminário Nacional do Programa “ABC na Educação Científica- Mão na Massa”, desenvolvido em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Academia Brasileira de Ciências. A iniciativa acontecerá às 9 horas no campus Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF) e faz parte do evento “Ciência, Cultura e Cidadania”, que também contará com visitação a unidades escolares.

Nelas, o trabalho, promovido em salas-ambiente, tem como base a metodologia investigativa por meio do uso de microscópios, lupas e outros instrumentos comuns a um laboratório científico. Sob a coordenação da pesquisadora da Fiocruz, Danielle Grynszpan, as aulas são ministradas pelo docente da turma e por outro que é monitor do projeto.

A E.M. Levi Carneiro, em Pendotiba, por exemplo, é um dos polos do projeto que envolve alunos do 6º ao 9º ano . Na unidade, acompanhados pela professora de Ciências e Matemática, Toyoko Maria Furuse, os estudantes aproveitam a ocasião para trabalhar o conceito da interdisciplinaridade, com o enfoque em mais de uma matéria. Eles, por sua vez, acabam por desenvolver as partes cognitiva, afetiva e social, como é o caso da estudante Lara Rocha:

“No microscópio, tudo fica mais interessante. A olho nu, não vemos quase nada!”, surpreende-se a aluna.

SERVIÇO:
VII Seminário Nacional do Programa “ABC na Educação Científica- Mão na Massa”
Data e horário: Dias 2 e 3 de dezembro, às 9 horas.
Local: Universidade Federal Fluminense (UFF)- Auditório Florestan Fernandes- Faculdade de Educação.
Endereço: Rua Marcos Valdemar Freitas Reis, s/n, Gragoatá, Niterói.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Projeto Eu no Mundo: CONVITE

A Coordenação de Educação de Jovens e Adultos (EJA) convida a todos os alunos e servidores das escolas municipais para a apresentação de coral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), nesta quarta-feira, dia 30, às 18h30, no auditório da Fundação Municipal de Educação de Niterói (FME), no Centro. O grupo cantará músicas da MPB, além de temas natalinos.

O evento faz parte do Projeto “Eu no Mundo”, que tem o objetivo de levar aos estudantes da Rede Municipal de Ensino de Niterói a diversidade cultural tanto dentro quanto fora da escola. De acordo com a coordenadora da EJA, Ana Cristina Magalhães, o objetivo das atividades é oportunizar o acesso dos estudantes ao patrimônio histórico, cultural, e social: “Visamos, dessa forma, a inserção desses jovens e adultos na sociedade e no mundo do trabalho”.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

E.M. Roberto Silveira realiza evento “Brasil de Todas as Cores”

A E. M. Governador Roberto Silveira, no Morro do Castro, promove o evento “Brasil de Todas as Cores”, que acontecerá neste sábado, dia 26, a partir das 12 horas. O objetivo do projeto é expandir o conhecimento dos alunos sobre a nação brasileira, aproximando-os da história de sua formação ao abordar os primeiros habitantes, colonizadores, escravos e imigrantes e o processo de formação da cidadania.

A diretora Ana Lúcia Rodrigues contou com o apoio de toda a comunidade escolar para a realização da atividade. Segundo ela, a cada ano, a unidade escolar ganha um novo tema a ser trabalhado:

“Desta vez, os trabalhos retratarão as etnias que compõem nossa nação”, explica. Já a professora de História, Roberta Gadioli, foi a responsável pela organização da festa. Ela destaca que o assunto foi explorado pelos alunos da unidade durante todo o ano letivo de 2011:

“Por conta disso, a festa será a culminância de todo esse esforço que envolveu nossa comunidade escolar”, comenta.

Na ocasião, o público poderá saborear um prato de angu à baiana que será vendido por R$3 na hora. Em seguida, os alunos farão apresentação de danças. Além disso, haverá exposição de trabalhos, brincadeiras e barracas com comidas típicas.

A E.M. Governador Roberto Silveira fica no Loteamento Bento Pestana, s/nº, Morro do Castro.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Cerimônia de encerramento das aulas do ProJovem Urbano Niterói acontece nesta quinta-feira, dia 24 de novembro


A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), através do Programa Nacional de Inclusão de Jovens – ProJovem Urbano –, promovem, nesta quinta-feira, dia 24 de novembro, a cerimônia de encerramento do ano letivo dos alunos dos oito núcleos do projeto na Rede. O evento acontecerá, às 18 horas, no Clube Canto do Rio, no Centro.

De acordo com a coordenadora de programas do Governo Federal da SME/FME, Francisca Alves, os alunos realizaram o exame final externo no último dia 10 e estão em fase de certificação. “O resultado da prova será divulgado até a segunda quinzena de dezembro. Temos a perspectiva de aprovação em torno de 130 alunos”, destaca.

A coordenadora disse ainda que o ProJovem Urbano, implantado em Niterói em 2005, é capaz de mudar vidas. “Vi alunos que não tinham mais a esperança de voltar a estudar, já que muitos deles são pais e mães desde cedo. Portanto, este é um momento especial, fruto da superação de obstáculos e que significa uma mudança de vida”, afirma Francisca Alves.

O Programa Nacional de Inclusão de Jovens – ProJovem Urbano –  é coordenado pela Secretaria Nacional de Juventude, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e integrado pelos Ministérios da Educação, do Trabalho e Emprego e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Em Niterói, está sob gestão da SME/FME.

Implantado no município desde 2005, o ProJovem Urbano oferece oportunidades de elevação da escolaridade (conclusão do Ensino Fundamental); de qualificação profissional; e de planejamento e execução de ações comunitárias de interesse público.

O curso, com duração de 18 meses, atende jovens de 18 a 29 anos que saibam ler e escrever e que não tenham concluído o Ensino Fundamental. Para os que cumprem requisitos como 75% de freqüência e 75% de elaboração de trabalhos é concedido um benefício mensal de R$100.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

COMUNICADO

Profª. MARGARETH FLORES
Diretora da UMEI Antonio Vieira da Rocha

A Secretaria/Fundação Municipal de Educação de Niterói e a UMEI Antônio Vieira da Rocha convidam para o ato religioso em memória da estimada servidora pública que deixa saudades pelo seu exemplo e sua dedicação à educação municipal.
Dia: 23 de novembro de 2011 (quarta-feira)
Local: Capela do Santíssimo (Catedral São João Batista – Centro de Niterói)
Horário: 18h30

XII Concurso de Poesias da SME/FME premiará alunos do município

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) promovem a cerimônia de premiação dos vencedores do XII Concurso de Incentivo à Leitura: Poesias na próxima quarta-feira, dia 23 de novembro, às 18 horas, na Biblioteca Pública de Niterói, no Centro. A ação pedagógica tem como objetivo principal a melhoria da produção escrita dos alunos e conta com a participação de todos os segmentos de ensino da Rede que vai desde a educação infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Assim como nas edições anteriores, será publicado um livro com as 65 produções participantes.

Este ano, o concurso de poesias teve como tema “A Paz em Gentileza”. De acordo com a coordenadora do projeto, Nádia Enne, a escolha foi feita com a intenção de utilizar o trabalho do Profeta Gentileza para disseminar a cultura de paz nas escolas. Gentileza é conhecido por suas inscrições em verde-amarelo, feitas ao longo do Viaduto do Caju, no Rio de Janeiro, na década de 80, para propor sua crítica do mundo e alternativas ao mal-estar da civilização. Sua frase mais conhecida é ‘Gentileza gera Gentileza’.

A coordenadora afirma que o concurso é uma boa maneira de trabalhar o gênero poético nas escolas visando a complementação da formação dos estudantes. “Toda a equipe pedagógica da SME e FME é convicta da importância da poesia nos currículos escolares. Esta é uma forma de ampliar horizontes culturais”, declara.

Participarão da final do concurso quatro poesias por segmento, o que contabiliza um total de 24. Vale lembrar que os estudantes pré-selecionados ganharão aparelhos de mp3, com exceção da modalidade Educação Infantil, que premiará as escolas pré-selecionadas com brinquedos pedagógcos, já que as poesias foram produzidas coletivamente. O vencedor do concurso será premiado com uma bicicleta. 

 Para a secretária municipal de Educação de Niterói, Maria Inês Azevedo de Oliveira, esta ação pedagógica tem como base um conjunto de atividades voltadas à melhoria da produção escrita e ao incentivo à leitura. “Essas habilidades significam um determinante fator de inclusão social na vida cotidiana”, destaca.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Escola Municipal Maralegre promove Feira Cultural Integrada

Foi um sucesso a Feira Cultural Integrada da Escola Municipal Maralegre, em Piratininga, nesta quinta-feira, dia 17 de novembro. Na ocasião, alunos da Educação Infantil ao 5º ano de escolaridade participaram do evento expondo os trabalhos que ganharam destaque durante o ano letivo, como peças teatrais, apresentações de leitura e ações de ciência e matemática.

Para a diretora da E.M Maralegre, Norma Rodrigues Martins, é impressionante ver a dedicação e comprometimentos da comunidade escolar com a atividade. “É um dia diferente para todos nós. Em eventos deste porte é fundamental a presença dos pais e da comunidade em geral que prestigia e incentiva os alunos”, destacou.

A feira, que acontece anualmente no mês de novembro, teve como destaque este ano a apresentação da peça teatral sobre a Dengue, o Projeto Matemática em Foco e o livro ‘A Festa no Céu’ produzido pelos alunos do 1° ciclo do ensino fundamental.

Santos Dumont - Na última sexta-feira, dia 11, foi a vez da Escola Municipal Santos Dumont. Durante todo o dia, alunos do 1° ao 9° ano do ensino fundamental participaram da Feira Integrada através de exposições de trabalhos, apresentações de vídeos, danças, coral, dramatização, além de oficinas e festival de talentos.

De acordo com a diretora Judith Mello, o objetivo do evento, além da integração, é a valorização do trabalho em grupo e o desenvolvimento de vínculos de solidariedade no cotidiano escolar. “A feira é uma forma de facilitar o aprendizado constante com a contribuição de cada um para o todo”, afirmou.  

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Coral de crianças indígenas se apresenta na SME/FME

O auditório da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), no Centro, foi palco na tarde da última quarta-feira, dia 9, de apresentação do coral Karal Kuery da Aldeia Tekoa Mbo’yty, sediada em Camboinhas. O grupo é formado por 12 crianças e adultos com idade entre 4 e 20 anos. Eles cantaram músicas em guarani e encantaram o público presente. A aldeia tem hoje 60 indígenas que vieram de Paraty há cerca de seis anos e se instalaram no bairro, situado na Região Oceânica de Niterói.

Desde 2010 lá funciona o Núcleo Avançado de Educação Escolar Indígena Amba Porã da SME/FME, ligado à Escola Municipal Portugal Neves. O espaço foi criado para atender às necessidades de educação das crianças e adultos da tribo.

“Temos uma turma multidisciplinar, com crianças e adultos que são alfabetizados nas duas línguas, português e guarani, ao mesmo tempo. A alfabetização é feita de modo contextualizado, respeitando o tempo de cada um, já que são 30 alunos em fase escolar diferente”, explica a coordenadora do projeto, Cristina Campos, que também atua na coordenação pedagógica ao lado da pajé Dona Lídia, índia mais idosa da tribo. 

Além disso, o núcleo conta ainda com um professor indígena, um antropólogo bilíngue e uma pedagoga. “Oferecemos uma educação formal aos integrantes da aldeia, possibilitando a eles a continuação os estudos, caso queiram”, diz Cristina.

A apresentação serviu como abertura para o seminário sobre a língua guarani, atividade que integra o Encontro Niterói América do Sul. O evento contou com a participação de integrantes do projeto Avakotepa, Bartolomeu Melia,  José Maria Rodrigues e Dora Bobadilla de Cazal, todos vinculados à Universidad Católica de Asunción, no Paraguai, que apresentaram resultados de estudos sobre a língua e sua estreita relação com o português utilizado no Brasil.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

SME/FME e NitTrans encerram 3º Curso sobre Educação para o Trânsito

A Secretária e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) promovem nesta quinta-feira, dia 10, às 9 horas, no Colégio Nossa Senhora das Mercês, no Fonseca, o encerramento do 3º curso sobre Educação para o Trânsito em uma perspectiva educacional. O curso é uma parceria entre o Núcleo de Ações Integradas da SME/FME e a Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans). Participam desta edição professores das escolas municipais André Trouché, Djalma Coutinho e Professora Lúcia Maria Silveira da Rocha. Até agora já foram capacitados mais de 150 professores. O objetivo do curso é sensibilizar os educadores a difundir o ideal de um comportamento cidadão e seguro no que diz respeito ao trânsito, bem como promover ações nas escolas que visem à adoção de um currículo interdisciplinar com conteúdo programático sobre segurança no trânsito, colaborando para a redução de acidentes.  No evento, os alunos do grupo de teatro da Escola Municipal Levi Carneiro apresentarão enquete sobre o tema referente à humanização no trânsito. Na ocasião, haverá, ainda, a entrega de certificados para os participantes.

Alunos da Rede Municipal de Ensino participam de Encontro com América do Sul

Cerca de 130 alunos das escolas municipais João Brazil, Portugal Neves e Paulo Freire estarão presentes no evento de música e grafite que será realizado nesta quarta-feira, dia 9, no Centro Cultural Abrigo de Bondes, a partir das 14h. Com o objetivo de fortalecer uma identidade sul-americana, o encontro contará com apresentações da banda equatoriana Spiritual Lyric Sound, dos coletivos Graffito e La Chinchilla, também do Equador, e do Projeto Caminhos Coloridos, composto por jovens da cidade de Niterói. A programação faz parte do Encontro com a América do Sul e é aberta ao público.    

FME sedia Seminário da Língua Guarani

O auditório da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), no Centro, será palco de seminário sobre a língua guarani, nesta quarta-feira, dia 9, a partir das 14h. Na ocasião, o projeto AVAKOTEPA, da Universidad Católica de Asunción apresentará, em conjunto com representantes do Ministério de Educação do Paraguai, resultados de estudos sobre a língua e sua estreita relação com o português utilizado no Brasil. Haverá também a apresentação do coral Karal Kuery da Aldeia Tekoa Mbo’yty, em Camboinhas, onde funciona o Núcleo Avançado de Educação Escolar Indígena AMBA PORÃ da SME/FME. O evento integrará a programação do Encontro com a América do Sul e será aberto ao público.  

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Professores e alunos do município participam de Encontro com a América do Sul

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) vão promover uma série de atividades durante o evento Niterói – Encontro com a América do Sul , que começa nesta sexta-feira, dia 5, e vai até  26 de novembro, a ser realizado em diversos pontos da cidade. A programação inclui seminários, palestras, apresentações musicais e de dança, além da exibição de filmes.

Para a coordenadora de Espanhol da Rede Municipal de Ensino, Cristina Padilha, iniciativas como esta, de intercâmbio cultural, acabam por favorecer o ensino e o aprendizado de línguas estrangeiras: “As atividades planejadas para o Encontro com a América do Sul serão importantes para o estudo do Espanhol porque os alunos terão contato com a cultura dos países em que a língua é falada, o que pode ser muito estimulante”.

Na quarta-feira, dia 9, às 14 horas, o coral do Núcleo Avançado de Educação Escolar Indígena Ambá-Porã, de Camboinhas, se apresentará no auditório da FME, no Centro, durante seminário sobre a língua guarani, que contará com a participação de professores e gestores da Rede Municipal de Ensino.

No mesmo dia, 130 alunos das escolas municipais João Brazil, Portugal Neves e Paulo Freire vão assistir a apresentações de grupos do Equador, no Centro Cultural Abrigo dos Bondes, no Centro, a partir das 14 horas. Na ocasião, estarão presentes os integrantes do Projeto Caminhos Coloridos, que utilizam o grafite para promover a inclusão social, e o conjunto musical Spiritual Lyric Sound (foto).
           
A programação prossegue com uma apresentação de sapateado de alunas do E.M. Levi Carneiro, dia 16, a ser realizada na própria escola que fica em Pendotiba. Já no dia 17, haverá seminário sobre a língua e a literatura sul-americanas, às 18h, no auditório da FME. Na semana seguinte, entre os dias 23 e 26, será promovida exibição de filmes que representam a cinematografia da América do Sul, na E.M. Honorina de Carvalho, também em Pendotiba.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Vencedores de concurso de redação sobre o Holocausto serão premiados na FME

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), com o apoio do Grupo de Estudos Judaicos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), vão premiar, na próxima segunda-feira, dia 24, os vencedores do concurso de redação sobre o Holocausto, que contou com a participação de alunos do 6º ao 9º ano da Rede. O evento acontecerá, a partir das 15h30, no auditório da FME.

A redação foi proposta pelos professores após participarem da I Jornada Interdisciplinar de Niterói com o tema “Intolerância e Holocausto: como Estudar e Ensinar em Sala de Aula”. O encontro, realizado no mês de maio, reuniu cerca de 70 educadores do município para debater a importância do estudo do Holocausto e do desenvolvimento de métodos para seu ensino. 

A professora Palmira Silva, do Núcleo de Ações Integradas da Superintendência de Desenvolvimento de Ensino, acredita que a discussão é de grande importância para formar militantes na luta contra o preconceito e a exclusão social.

“O Holocausto foi um momento crítico e ímpar na história mundial, preocupante por ter se tratado de uma ação de Estado baseada em preconceito racial. Trabalhar essa questão em sala de aula alerta os alunos, nas suas relações cotidianas, para o perigo da hierarquização da diferença. Embora não seja possível mudar o passado, com esses debates nós somos forçados a olhar para o presente e, assim, enxergamos o que ainda precisa melhorar”, avalia. 

Participarão da cerimônia de premiação, a secretária municipal de Educação, Maria Inês Azevedo de Oliveira, a subsecretária Cléa Monteiro, o presidente da FME, Cláudio Mendonça, e a diretora do Grupo de Estudos Judaicos da UERJ, professora Helena Lewin.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Educação de Niterói participa da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia com trilha pelo Parque da Serra da Tiririca

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), através do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), participará da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no próximo sábado, dia 22 de outubro. A proposta do projeto ‘Ciência na Trilha’ é percorrer o caminho feito por Charles Darwin no Parque da Serra da Tiririca até a fazenda Itaocaia a partir das 10 horas.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Educação Ambiental, Sônia Rodrigues, será uma grande oportunidade para a população conhecer melhor a cidade, adquirir conhecimento e se exercitar. “Além de passear por uma trilha belíssima, os participantes poderão aprender sobre biodiversidade, geologia e assuntos tratados por Darwin” garante Sonia.

Será disponibilizado um micro-ônibus com saída em frente a sede da Secretaria Municipal de Educação – que fica na Rua Visconde de Uruguai, 414 – às 8 horas e no Engenho do Mato às 9 horas. Os interessados devem se inscrever através dos telefones 2719- 6743 ou 8890-9307.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

SME/FME realiza exposição de livros em braille


A Coordenação de Educação Especial da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) realizará na manhã deste sábado, a partir das 10 horas, uma exposição de livros infanto-juvenis transcritos em braille e ilustrados especialmente para atender as necessidades de crianças com baixa visão ou cegas. O evento acontecerá no Campo de São Bento, em Icaraí.

O material produzido pelos professores da Rede Municipal de Ensino, sob a supervisão da professora Ana Prado, foi usado como avaliação final do curso de formação em braille oferecido pela SME/FME. Para que todos possam desfrutar da leitura, as obras possuem ilustrações sensíveis ao toque, cheiros e até sons.

Na ocasião, haverá também contação de histórias com interpretação em libras, audiodescrição e bate-papo com os visitantes. O evento é aberto ao público e gratuito.   

SME/FME homenageia professores


Por ocasião do Dia do Mestre, comemorado neste sábado, 15 de outubro, a Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) parabenizam todos os professores que, através da nobre missão de educar, transformam a vida de milhares de jovens, abrindo portas para um futuro promissor e inovador. Parabéns!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Alunos da EJA participam de atividades extra classe

A Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), através do projeto “Eu no Mundo”, promoverá dois eventos voltados aos estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), nesta semana. De acordo com a coordenadora da EJA/FME, Ana Cristina, o objetivo das atividades agendadas é oportunizar o acesso dos estudantes ao patrimônio histórico, cultural, e social: “Visamos, dessa forma, a inserção desses jovens e adultos na sociedade e no mundo do trabalho”.

Confira a programação:

Quarta-feira, dia 28 de setembro
A partir das 18h, na Escola Municipal Altivo César, no Barreto, jovens e adultos terão contato com diferentes expressões artísticas, no evento Átrio Palavra, organizado com o apoio do SESC Niterói. O texto poético será o objeto de estudo da dinâmica, que analisará os ritmos Hip Hop, Repente e Rap.

Sexta-feira, dia 30 de setembro
No auditório da FME, a partir das 19h, haverá nova sessão do Cine Pipoca. Nesse dia, o filme brasileiro “Eu, Tu, Eles” será exibido. As próximas sessões acontecerão nos dias 21 de outubro (O Gordo e o Magro: Ladrão Que Rouba Ladrão), 25 de novembro (Quero Ser Grande) e 9 de dezembro (O Auto da Compadecida).

Rádio Escola Maralegre ganha destaque na mídia

A rádio interna da Escola Municipal Maralegre, na Região Oceânica, foi tema de reportagem da revista infanto-juvenil Super +, no mês de setembro. Duas páginas da publicação se dedicaram ao projeto que é coordenado pela professora Maria Isolina Miranda e atende a toda a comunidade escolar. O destaque da matéria foi dado à radionovela produzida pela turma do quinto ano da professora Janete Villarino.

Inaugurada em 2008, a Rádio Escola Maralegre tem por objetivo facilitar o aprendizado dos alunos, incentivando-os à leitura, à escrita e ao desenvolvimento do senso crítico, além do aprimoramento da oralidade. Durante a produção dos programas, conteúdos curriculares surgem naturalmente e são todos aproveitados.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Alunos do município desfilam por um trânsito mais seguro

A Rede Municipal de Ensino de Niterói participou na tarde de ontem, dia 20 de setembro, de um desfile em apoio à ‘Década de Ação Viária pela Segurança no Trânsito 2011-2020’, que aconteceu no Barreto. Na ocasião, estiveram presentes alunos das escolas municipais Mestra Fininha, Professor André Trouche e Altivo César, além da Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEI) Rosalina de Araújo. A mobilização integrou o conjunto de atividades da Semana Nacional do Trânsito, que vai até o próximo sábado, dia 24, e tem por objetivo conscientizar motoristas e pedestres sobre a necessidade de respeito às regras de trânsito.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Niterói participam da Semana Nacional do Trânsito

         Alunos da Rede Municipal de Ensino de Niterói participarão do II Festival de Esquetes Teatrais Sobre Trânsito, que será realizado na quarta-feira, dia 21 de setembro, no Centro Cultural Abrigo de Bondes, a partir das 14 horas. O evento faz parte do conjunto de atividades da Semana Nacional do Transito, que acontecerá até o próximo sábado, dia 24. A comemoração tem como objetivo a conscientização da população sobre as leis de trânsito, respeito aos pedestres e direção responsável.
         A coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde da Fundação Municipal de Educação de Niterói (FME), Deyse Chicre, afirma que é muito importante desenvolver nos profissionais e estudantes da Rede a compreensão do trânsito enquanto fenômeno social e não apenas técnico. Com esse propósito, o curso de formação continuada “Educação Para o Transito” é oferecido, duas vezes por ano, aos professores, numa parceria entre a Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) e a Nittrans. Os conhecimentos adquiridos no curso são disseminados para os alunos, através de debates e dinâmicas, com a mediação do professor.
         “Nossa intenção é fornecer aos alunos uma visão de trânsito abrangente, solidária e responsável. Mais do que a diminuição dos acidentes, queremos promover os valores da convivência social ainda na infância, para que sejam consolidados na fase adulta”, explicou a coordenadora.

Escolas municipais participam do Dia Mundial da Limpeza de Rios e Praias

Alunos, professores e dirigentes de 15 escolas da Rede Municipal de Educação de Niterói participaram do Dia Mundial da Limpeza de Rios e Praias, sábado, dia 17 de setembro, nas praias e lagoas da cidade. O programa internacional de Educação Ambiental, que mobiliza milhares de pessoas em todo o planeta, tem o objetivo de chamar atenção para a grande quantidade de lixo jogada no meio ambiente. A Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) foram representadas no evento por meio do seu Núcleo de Educação Ambiental.  Na Praia de Icaraí marcaram presença a E.M. Santos Dumont, E.M. Julia Cortines e UMEI Prof. Írio Molinari.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Presidente do TJ/RJ suspende liminar que impedia desconto de grevistas da Educação de Niterói


A pedido da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), o presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ/RJ), desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos, suspendeu, na tarde desta quinta-feira, dia 15, a liminar que impedia o desconto dos dias parados dos servidores grevistas. O movimento deflagrado pela categoria já dura 46 dias. A ação civil pública foi proposta pelo Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) e tramita na 8ª Vara Cível de Niterói.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Rede Municipal de Educação de Niterói marca presença na Bienal do Livro

As atividades promovidas pela Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), realizadas nesta terça-feira, dia 6, na Bienal do Livro, movimentaram o estande que foi montado em reverência à cidade no evento. A programação contou com a apresentação de alunos e dinamizadores do grupo Voz/Vez do Leitor.
Na ocasião, a roda de leitura chamou a atenção dos que passavam em frente à Praça Luís Antônio Pimentel. Jovens do 3º e 4º ciclos deram depoimentos emocionantes sobre a descoberta do prazer de ler e mostraram os trabalhos realizados a partir dos títulos lidos. Atualmente, o projeto conta com a participação de 2,5 mil estudantes de 13 escolas municipais.           
O objetivo, como explicou a coordenadora Marizeth Santos, é despertar nos alunos o encantamento pela leitura, privilegiando as preferências de cada um: “O diferencial do grupo Voz/Vez do Leitor é a liberdade que o aluno tem de escolher o livro que deseja ler. Desse modo, os participantes conseguem construir suas próprias identidades leitoras”.        
A aluna Viviane Magalhães, da Escola Municipal Rachide da Glória Salim Saker, em Santa Bárbara, faz parte do projeto há um ano. Segundo ela, antes, só lia gibis: “Li o primeiro livro de verdade no grupo e, hoje em dia, eu adoro ler”, afirma.
Cléa Gomes, da Educação para Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Sítio do Ipê, em Pendotiba, também demonstrou entusiasmo com a descoberta: “Cada história, cada livro é uma viagem. Eu costumo dizer que ler é viajar no tempo da leitura”.            
A partir dos livros trabalhados, os dinamizadores propõem atividades aos estudantes, que, com base nas histórias lidas, fazem ilustrações, poesias e até peças teatrais. Marizeth Santos afirma ainda que o projeto consegue alcançar, inclusive, a participação dos pais dos participantes: “Não só os alunos são leitores desses títulos, mas também as famílias. Algumas atividades e produções são feitas com os pais vindo à escola e participando conosco”.             
Após a apresentação do grupo Voz/Vez do Leitor, professores da Rede Municipal de Educação de Niterói exibiram livros infanto-juvenis transcritos em braille e ilustrados especialmente para atender às necessidades de crianças com baixa visão ou cegas. O material produzido pelos professores foi usado como avaliação final de um curso de formação oferecido pela SME/FME. De acordo com a professora Ana Prado, que ministrou as aulas, as obras podem ser aproveitadas por qualquer pessoa: “Esses livros atingem a todos, são livros acessíveis”.
A riqueza de detalhes das ilustrações, sensíveis ao toque, atraiu o público, que quis conferir, de perto, a produção. Alguns dos livros possuem cheiros e até sons, para que os alunos possam desfrutar da leitura. Para a professora Patrícia Lourenço, que participou do curso de formação em braille, é gratificante perceber a evolução no nível de leitura dos alunos. “É uma satisfação ver as crianças conseguindo ler os livros, folheando as páginas, entendendo a ilustração, conseguindo interagir com o livro”, comemora.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Educação de Niterói promove atividades na XV Bienal do Livro


Foto: Luís Antonio Pimentel
Crédito: Will Martins
             Para a 15º edição da Bienal do Livro do Rio de Janeiro, o mais importante evento do mercado editorial do país, que acontecerá de 1º a 11 de setembro, no Riocentro, a Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) prepararam atividades destinadas ao público, principalmente, infantil. No estande ‘Letras de Niterói’, haverá exposição de livros e dinâmicas de incentivo à leitura. Para as pessoas com necessidades educacionais especiais, a SME/FME contará com livros em braile elaborados por profissionais da Rede.
            Além dessas atividades, a SME/FME realizará, no sábado, dia 3 de setembro, o relançamento do livro de poesias ‘Luis Antonio Pimentel: Memórias e Fotografias do Cotidiano’, produto final do último Concurso de Incentivo à Leitura, que, desde 2000, acontece anualmente entre alunos da Rede Municipal de Ensino. A idealizadora e consultora do projeto, Nádia Enne, sobre a participação dos alunos na Bienal, enfatiza: “É muito importante que as crianças das escolas públicas frequentem espaços de cultura”.
            As atividades da SME/FME são abertas ao público e serão realizadas na Praça Luís Antônio Pimentel, no Pavilhão Verde, batizada em homenagem ao escritor de 99 anos. Além de ser um dos grandes nomes da literatura fluminense contemporânea, ele é um dos precursores do haicai no Brasil e ajudou a divulgar este estilo de poesia que aprendeu quando estudou no Japão, entre 1937 e 1942. Sua vasta obra literária conta com livros como Contos do velho Nipon (1940), Tankas e Haicais (1953), Taparinos Tupis de Niterói (1980) e Praias de Niterói em 28 pequenos poemas.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Escritor Affonso Romano de Sant´Anna lança “Ler o Mundo” em evento promovido pela SME/FME em Niterói

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) promoverão, no dia 24 de agosto, às 17h, na Biblioteca Pública de Niterói, no Centro, o lançamento do livro Ler o Mundo, do escritor e poeta Affonso Romano de Sant’Anna. O evento, destinado, principalmente, a diretores e professores da Rede Municipal de Ensino, contará com uma palestra ministrada pelo autor sobre o tema de sua nova obra literária: o desafio de se ler o mundo.

Neste trabalho, Affonso Romano de Sant’Anna explora a relação entre a leitura e outras áreas do saber como o cinema, a ecologia, a política, e a educação. Além disso, nele, o leitor poderá conferir o depoimento histórico do escritor que, durante seis anos, esteve à frente da Biblioteca Nacional. Como presidente da instituição, Affonso criou o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) e o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler). 

Serviço:
Lançamento do livro Ler o Mundo, do escritor Affonso Romano de Sant’Anna
Data: 24/08/2011
Horário: 17h
Local: Biblioteca Pública de Niterói
Endereço: Praça da República s/nº - Centro Niterói
Telefone: 2719-6763

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Diretores das escolas municipais de Niterói iniciam curso sobre Gestão Escolar em parceria com a FGV


Foi iniciado, nesta segunda-feira, dia 16, o curso de extensão em Gestão Escolar promovido pela Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Voltadas, inicialmente, para 45 diretores gerais e adjuntos, as aulas acontecerão duas vezes por semana até dezembro na Escola Municipal Paulo Freire, no Fonseca. Em seguida, já em 2012, será realizado o módulo online com previsão de término em março. O objetivo é formar gestores capazes de diagnosticar problemas, elaborar projetos de intervenção, mobilizar equipes, avaliar resultados e impactos, além de aprofundar conhecimentos sobre os conceitos relativos às políticas públicas. “Esta é uma grande oportunidade e trata-se de uma ótima ideia termos a FGV como parceira neste curso. Estou encantada porque vejo que eu e meus colegas ganhamos uma enorme chance de aprimoramento”, disse a diretora da E.M. Jacinta Medela, Myrna Campos durante a aula inaugural realizada no auditório da FGV, no Centro do Rio.

Segundo um dos consultores da FGV, Felipe Bittencourt, o diferencial na iniciativa é que a Fundação pôde elaborar o curso de maneira customizada: “O curso foi especialmente voltado às necessidades de Niterói. Trabalharemos questões como indicadores educacionais, evasão escolar, processo ensino-aprendizagem, além de outros assuntos administrativos”. Para uma das coordenadoras de polo da Rede, Geórgia Oliveira, o que mais chama atenção no curso é mesmo o fato de romper barreiras culturalmente já construídas nas unidades escolares brasileiras: “A abordagem do curso não é meramente administrativa. Há uma cultura de que o diretor deva ficar apenas restrito a essa área e não precise se preocupar com o que é pedagógico. As aulas vêm justamente a mostrar o contrário: unir o que é administrativo àquilo que é pedagógico, algo que nenhum gestor pode se distanciar porque ele deve entender a escola como um todo”.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Alunos da Rede Municipal de Ensino associam atividades físicas à alimentação em parceria com Instituto Fernanda Keller

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) dão início, nesta quinta-feira, dia 11, ao Projeto Correndo por um Ideal, em parceria com o Instituto Fernanda Keller. Primeiramente, as ações acontecerão nas escolas municipais Professora Maria Ângela Moreira Pinto, em São Francisco, às 10h, e José de Anchieta, no Morro do Céu, às 15h. O objetivo é incentivar os alunos à melhoria da qualidade de vida por meio da prática de atividades físicas e da boa alimentação. Além disso, o projeto visa também informar sobre o quanto os transtornos alimentares podem interferir no processo ensino-aprendizagem.

Ao todo, 60 alunos com problemas de peso deverão ser avaliados e acompanhados por uma equipe de profissionais especializados. A orientação nutricional será dada aos alunos pela nutricionista da SME/FME, Kerma Vidal, enquanto o Instituto Fernanda Keller se ocupará das atividades físicas.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Educação promove atividades em comemoração aos 192 anos da Câmara de Vereadores de Niterói

A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) prepararam diversas atividades educativas para a comemoração dos 192 anos da Câmara de Vereadores de Niterói. O evento será realizado na quinta-feira, dia 11 de agosto, a partir das 10h, nas dependências do Legislativo. Na programação constam ações como contação de histórias, palestra de prevenção às DSTs/AIDS, exposição de livros em braile, apresentação dos alunos da E.M. Ernani Moreira Franco com o musical ‘Bonecos de Olinda’, exibição dos vídeos ‘Grafitagem e Rima Poética’, produzido pela SME/FME, e ‘Trabalhos desenvolvidos pela Coordenação de Educação, Mídias e Novas Tecnologias”, além de projeção de fotos da Rede Municipal de Ensino. A entrada é franca.

Serviço:
Comemoração dos 192 anos da Câmara de Vereadores de Niterói
Dia 11 de agosto de 2011 | A partir das 10 horas
Av. Ernani do Amaral Peixoto nº 625, Centro
(21) 3716-8600

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Educação sedia encontro da ReduSaids

Nesta sexta-feira, dia 5 de agosto, o auditório da Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) foi sede do encontro da Rede de Educação e Saúde no Combate à Aids (ReduSaids). O principal tema abordado no encontro foi a 7ª Parada do orgulho LGBT de Niterói que está marcada para o dia 21 de agosto, a partir das 17 horas, na praia de Icaraí. A coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde da SME/FME, Deyse Chicre, ressaltou a importância do evento na luta contra a homofobia: “O principal objetivo da Parada é fazer com as pessoas respeitem as diferenças”. Estiveram presentes na reunião os membros do Centro de Atendimento Psico-Social para Álcool e outras Drogas (CAPS – AD), do Consultório de Rua e do Grupo Diversidade Nacional (GDN), além de funcionários da SME/FME.

Novas turmas para o curso de formação continuada a distância ‘FormAção Pela Escola’

A Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) abrirão novas turmas para o curso de formação continuada a distância ‘FormAção Pela Escola’, promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Os interessados devem se inscrever no núcleo correspondente, localizado no prédio da SME/FME, entre os dias 15 e 20 de agosto, para a turma que terá início em setembro, e nos mesmos dias do mês de outubro, para iniciar em novembro.

O programa é destinado aos profissionais de Educação da rede pública de ensino, e a técnicos e gestores públicos estaduais, municipais e escolares. O objetivo do curso é contribuir para o fortalecimento da atuação dos agentes e parceiros envolvidos com execução, monitoramento, avaliação, prestação de contas e controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo FNDE.

O interessado terá a opção de se inscrever em até cinco dos módulos oferecidos: Competências Básicas, Programa Dinheiro Direto nas Escolas (PDDE), Programa do Livro (PLI), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). A carga horária é de 40 horas por módulo. O curso oferecerá certificado de conclusão.   

Serviço:
Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME)
FormAção Pela Escola
Endereço: Rua Visconde de Uruguai, 414 – Centro
Telefones: (21) 2719-6779 / (21) 2719-6623

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Atividades são retomadas no prédio da E.M. Djalma Coutinho

Um ano após o prédio da Escola Municipal Djalma Coutinho, no Fonseca, ser interditado pela Defesa Civil por conta da proximidade com uma encosta, os alunos voltaram a ser atendidos no equipamento público nesta quarta-feira, dia 3 de agosto. Após a obra de contenção e intervenções na unidade, o reencontro foi marcado pela presença da secretária e subsecretária municipal de Educação de Niterói, Maria Inês Azevedo de Oliveira e Cléa Monteiro, respectivamente. Na ocasião foi realizada uma reunião com os pais/responsáveis dos estudantes, que demonstraram muita satisfação com o retorno.

Vale lembrar que durante o tempo em que o prédio estava interditado, a unidade escolar estava em funcionamento na Rua Magnólia Brasil. Durante este período, a Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) disponibilizaram um ônibus que realizava o transporte escolar dos estudantes.

Saúde infantil é tema de formação continuada para professores da Rede Municipal de Ensino de Niterói

O curso de formação continuada ‘Cuidar na Educação Infantil’, oferecido pela coordenação de Educação em Saúde da Secretaria e da Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME), começa nesta quinta-feira, dia 4 de agosto, na UMEI Dr. Paulo César Pimentel, em Piratininga. Os educadores debaterão assuntos ligados ao tema, como higiene, alimentação, vacinação, desenvolvimento infantil e sexualidade. O objetivo é auxiliar as escolas da Rede no desenvolvimento de estratégias e ações que contribuam para a melhoria da saúde dos alunos.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

E.M. Dom José Pereira Alves recebe o programa ‘Prevenção e Saúde na Escola’

A coordenação de Educação em Saúde da Secretaria e da Fundação Municipal de Niterói (SME/FME) deu início, nesta quarta-feira, dia 3 de agosto, ao programa ‘Prevenção e Saúde na Escola’. A primeira ação foi realizada na E.M. Dom José Pereira Alves, no Fonseca. Os alunos foram acompanhados pelo programa Médico de Família e receberam assistências física, mental e bucal. O objetivo é prevenir as vulnerabilidades sociais. A ação será expandida para outras unidades da Rede.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Professores da Rede Municipal de Educação de Niterói farão curso de formação continuada sobre a cultura afro-brasileira

Professores da Rede Municipal de Ensino de Niterói têm até o dia 8 de agosto para se inscreverem no curso de formação continuada ‘A Cor da Cultura’, oferecido pela Secretaria e Fundação Municipal de Educação de Niterói (SME/FME) através do Núcleo de Educação e Diversidade (Neder). Os encontros acontecerão entre os dias 15 e 17 de agosto, das 9 às 17h, na Universidade Salgado de Oliveira, no centro.
            O curso tem o objetivo de aprimorar os conhecimentos dos educadores nos conteúdos relativos à História e Cultura Afro-brasileira que foram incluídos no currículo escolar com a criação da Lei Federal 10.639/03. Cada escola municipal poderá inscrever um professor. Os interessados devem entrar em contato com o Neder através de e-mail neder.rede.fme@gmail.com ou pelos telefones 2719-6426 / 2719-6497. Os participantes receberão um kit com cadernos pedagógicos, jogos educativos e material audiovisual para uso pedagógico.
A Cor da Cultura é um projeto educativo de valorização da cultura afro-brasileira, fruto de uma parceria entre o Canal Futura, a Petrobras, o Centro de Informação e Documentação do Artista Negro (Cidan), a TV Globo e a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).

Serviço:
Curso de formação continuada A Cor da Cultura
Dias: 15, 16 e 17 de agosto de 2011
Horário: Das 9 às 17h
Local: Universidade Salgado de Oliveira – Rua Marechal Deodoro 263 - salas 206 e 207 (Bloco A) e auditório (Bloco B) – Centro